sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Versos na parede


Andando em direção ao infinito
Sem saber onde chegar , mais sabendo o caminho de voltar.

Com sede de respostas...
E com fome de um futuro bom .

Andando sem medo, descalço no solo quente que faz o próprio sangue borbulhar.
A certeza era única , de recomeçar.

Em um mundo que já não encherga o colorido o preto e branco faz parte da rotina .
Deitado sobre a escuridão vê o tempo passar , e daquilo faz os melhores momentos de sua vida.
Ganhando inimigos e amigos quem sabe virão...

Escrevendo versos na parede e em frente ao espelho todos os seus versos se traduzem em alguém que nunca mais vai se abandonar .

7 comentários:

  1. você escreve bem emilio, parabens. Gostei do texto viu?

    ResponderExcluir
  2. O preto e branco também tem sua beleza.

    ResponderExcluir
  3. Tava pensando em mim né ? eu também te amo Emilio ! meu divo (L) KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK *-*
    beijo :*

    ResponderExcluir
  4. LE TIGRE... Graun. Pegay.

    ResponderExcluir
  5. "I'M so excited"... foi o fim. Poxa, eu tava só brincando com o passado. E perdi minha gatinha nessa, pq ela é esperta. Sacou o olhar da minha arma. A criança é muito boba de atirar pro alto e não ver a bala atingir. Eu sou o tigre.

    ResponderExcluir
  6. Bem criativo e filosófico :)
    Adorei!

    ResponderExcluir